Laboratório de Virologia Aplicada
  • FELIZ 2022

    Publicado em 30/12/2021 às 16:29
     
    O Laboratório de Virologia Aplicada-MIP-CCB-UFSC por meio de sua equipe técnica e científica agradece aos seus colaboradores.
     
    28 anos de história construída por muitas mãos!
     
    Nossa retrospectiva 2021 mostra ano desafiador, mas cheio de comprometimento e respeito desta equipe à Ciência e Sociedade, com a pesquisa, ensino e extensão acadêmica, buscando sempre a excelência na formação de recursos humanos que continuam nossa história.
    O LVA deseja um próspero 2022.

  • Acompanhe o projeto VigEAI aqui!

    Publicado em 05/10/2021 às 15:58

    VigEAI


  • RESULTADO DE SELEÇÃO – ATIVIDADE DE MESTRADO (bolsa de estágio) NO LABORATÓRIO DE VIROLOGIA APLICADA

    Publicado em 10/08/2021 às 17:23

    Referente à Seleção para “VAGAS PARA ATIVIDADE DE MESTRADO NO LABORATÓRIO DE VIROLOGIA APLICADA”, foram classificados:

     

    • Ana Claudia Oliveira
    • Amanda Kelly Ferreira
    • Giulia Pilati
    • Marcus Vinícius Duarte Rodrigues

  • VAGAS PARA ATIVIDADE DE MESTRADO NO LABORATÓRIO DE VIROLOGIA APLICADA

    Publicado em 22/06/2021 às 9:52
    • LOCAL: Laboratório de Virologia Aplicada – LVA

      Remoto e/ou presencial – dependerá do estado pandêmico de COVID-19

      COORDENAÇÃO: Pofa. Dra. Gislaine Fongaro

      PREVISÃO PARA INÍCIO DAS ATIVIDADES: 10/08/2021


      Projeto: Estudo extensionista de patógenos entéricos e bacteriófagos no âmbito de Saúde Única

      Vagas e elegibilidade para candidatura e avaliação:

      • 3 vagas para até 12 meses de atuação com possibilidade de prorrogação;
      • vagas para discente em nível de mestrado regularmente matriculado/a em PPG na Área de Biotecnologia (CAPES).
        Interessados (as):  Enviar e-mail até 20/07/2021 – 23:59 h de Brasília  para a coordenadora e supervisora do projeto – gislaine.fongaro@ufsc.br – PRORROGADO ATÉ 30/07/2021
        Anexo ao e-mail deverão constar para fins de avaliação em ÚNICO PDF:
    • Resultado final da seleção de mestrado em que foi aprovado/a (poderá ser um print e/ou link do site);
    • Comprovante de matrícula de mestrado atualizado;
    • Carta de Interesse do (a) candidato (a) indicando: a) linha de atuação de seu  projeto; b) Resumo de até 200 palavras do projeto e atividades pretendidas; c) Plano de atividades contendo metas a serem alcançadas e seu respectivo cronograma dentro dos primeiros 12 meses de atuação.
    • Currículo Lattes comprovado./

  • Resultado de Selecionados para Bolsa de Estágio LVA

    Publicado em 22/04/2021 às 17:48

    LOCAL: Laboratório de Virologia Aplicada – LVA
    Remoto e/ou presencial – dependerá do estado pandêmico de COVID-19

    CARGA HORÁRIA: 20 horas semanais

    COORDENAÇÃO: Pofa. Dra. Gislaine Fongaro

    Início previsto para: 01/05/2021


    Projeto: Estudo extensionista de patógenos entéricos e bacteriófagos no âmbito de Saúde Única

    RESULTADO:

    • Estágio para discente em Graduação (áreas das Ciências da Vida).
      1 – Beatriz Savi
      2 – Rafael Emmanuel Godoy Martinez
    • Estágio para discente pós-graduação na área de Biotecnologia.
      • 1 – Thamarys Scapini
      • 2 – Aline Frumi Camargo

  • VAGAS PARA ATIVIDADE DE ESTÁGIO REMUNERADO

    Publicado em 08/04/2021 às 14:23

    LOCAL: Laboratório de Virologia Aplicada – LVA
    Remoto e/ou presencial – dependerá do estado pandêmico de COVID-19

    CARGA HORÁRIA: 20 horas semanais

    COORDENAÇÃO: Pofa. Dra. Gislaine Fongaro

    Início previsto para: 01/05/2021


    Projeto: Estudo extensionista de patógenos entéricos e bacteriófagos no âmbito de Saúde Única

    Vagas:

    • Estágio para discente em Graduação (áreas das Ciências da Vida).
    • Estágio para discente pós-graduação na área de Biotecnologia.

    Interessados (as):  Enviar e-mail até 16/04/2021 – 23:59 h de Brasília  com:
    –  comprovante de matrícula UFSC, Carta de Interesse do (a) candidato (a) e link do Currículo Lattes  para: gislaine.fongaro@ufsc.br


  • Estudo do Mestrando Rafael Dorighello Cadamuro et al. do Laboratório de Virologia Aplicada é premiado no Simpósio de Integração das Pós-Graduações do CCB (SIP)

    Publicado em 14/12/2020 às 19:23

    O Laboratório de Virologia Aplicada tem o prazer de divulgar que o atual mestrando do PPG em Biotecnologia e Biociências do CCB-UFSC – Rafael Dorighello Cadamuro – teve seu trabalho premiado no Simpósio de Integração das Pós-Graduações do CCB (SIP), na categoria “Apresentação Oral” . O estudo intitulou-se: “Contaminação de ambientes de água doce acima do Aquífero Guarani”.

    “Esse estudo foi iniciado antes mesmo do Rafael fazer parte do LVA e foi lapidado após sua chegada no nosso grupo”, diz a coordenadora Profa. Dra. Gislaine Fongaro. Ela complementa que: “Esse estudo ganhou corpo por ser unido aos estudos conduzidos no Oeste de SC, pelo grupo de pesquisa coordenado pela Profa. Dra.Aline Viancelli (UnC-Concórdia)”.


    O estudo na íntegra intitula-se: Vírus entéricos em habitats lênticos e lóticos de água doce das regiões Centro-Oeste e Sul do Brasil na área do Aquífero Guarani e faz parte de um macroprojeto finalizado em fase de publicação: “Enteric viruses in lentic and lotic freshwater habitats from Brazil’s Midwest and South Regions in the Guarani Aquifer area”

    Atualmente Rafael está realizando seu mestrado na busca de metabólitos fúngicos capazes de controlar vírus entéricos e outros vírus de interesse em  Saúde Única, sendo orientado pela Profa. Dra. Gislaine Fongaro (UFSC) e co-orientado pela Profa. Dra. Helen Treichel (UFFS).

     

    Parabéns e sucesso em sua caminhada!

     


  • NOTÍCIA!

    Publicado em 18/09/2020 às 16:30


    Diagnóstico em larga escala de SARS-CoV-2

    O teste de pool é uma alternativa importante para a triagem em grande escala de SARS-CoV-2.
    Pesquisadores da UFSC  (Lab. de Virologia Aplicada-MIP-CCB-UFSC, Lab. de Protozoologia-MIP-CCB-UFSC e Lab. de Sorologia e Microbiologia Clínica-CCS) e da Empresa Biome-Hub – demonstraram que o pool de swabs de pacientes pode ser uma ferramenta muito sensível no diagnóstico viral  – número amostral: 19.535 pacientes assintomáticos ou pré-sintomáticos.

    Veja o Estudo na Íntegra


  • Seleção_VAGAS PARA INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO LVA

    Publicado em 08/09/2020 às 13:48

    Seleção Finalizada:
    Aprovados e bolsas implementadas:
    – Estêvão Brasiliense de Souza
    – Isabela Dai Prá
    __________________
    Comunicamos que estamos selecionando dois discentes para vagas de Iniciação Científica, projetos a serem realizados no LVA-MIP-CCB-UFSC.

    TOTAL DE VAGAS: 2

    VAGA 1 – Projeto 1) Caracterização de bacteriofágico e vírus entéricos na segurança sanitária humana e animal

    Coordenadora: Profa. Dra. Gislaine Fongaro

    Interessados: enviar e-mail com o histórico acadêmico e o link do Lattes para gislaine.fongaro@ufsc.br

    Período de envio: 08/09/2020 até 14/09/2020

    VAGA 2 – Projeto 2) Avaliação da ação antiviral de espécies do gênero Baccharis

    Coordenadora: Profa. Dra. Izabella Thais da Siva

    Interessados: enviar e-mail com o histórico acadêmico e o link do Lattes para izabella.thais@ufsc.br

    Período de envio: 08/09/2020 até 14/09/2020

     

     


  • Exclusive: Brazilian researchers on discovery of SARS-COV-II virus in November sewage

    Publicado em 06/07/2020 às 16:00

    A Brazilian research team found samples of the new coronavirus in the sewer system of the southern city of Florianopolis back in late November 2019, three months before the first COVID-19 case was officially recorded in the country on February 26.

    https://news.cgtn.com/news/2020-07-05/Exclusive-Brazilian-researchers-on-discovery-of-COVID-19-in-November-RSNcP85glO/index.html

    Read more: COVID-19 virus found in November sewage water samples in Brazil

    The researchers from the Applied Virology Lab at the Federal University of Santa Catarina (UFSC) published their findings in a paper on June 26. CGTN’s correspondent in Brazil, Paulo Cabral, has spoken to two leading researchers on the team for more details about their discovery.

    Screenshot of the study on medRxiv.

    “We are sure of what we found in the November sample. It is the SARS-CoV-2 virus. We have no doubts about that,” Patricia Stoco, a geneticist at the lab, told CGTN.

    “We are now effectively working on sequencing the whole genome of these samples, so we’ll be able to compare the sequencing of the virus found in our samples from late November with that of the virus now actually circulating and infecting people,” she said.

    “Doing that we could maybe detect mutations that could possibly explain the increase in the number of cases now,” she added, stressing that comparing the full genetic sequencing is important to deepen understanding about the virus.

    Gislaine Fongaro, a virologist at the university, explained how the research was conducted. She said the samples were collected from raw sewage in the pipes en route to the treatment plant.

    “These samples were collected monthly between October 2019 and March 2020. So we take the samples to the laboratory and freeze them. That’s why we could go back over them now – they were frozen,” she said.

    “Results came back negative for SARS-CoV-2 in the samples from October. And then negative again in the early November samples. But then results came back positive for the first time for a sample from November 27. And then all samples tested came back positive until March 2020,” she explained.

    She said it’s possible that if they went further back, they could find more positive results for the novel coronavirus.

    “It would be very important if we could review samples dating back to the beginning of the year [of 2019],” she said, adding that she hopes their research will encourage other teams who may have access to older samples to check them, and also encourage researchers to look into other older clinical samples taken from patients, which could also help tell the story of the virus.

    “Because if we found this in the sewer, that’s because people were already carrying the virus. That means there were already people who were infected but were not diagnosed because we did not know about the virus back then,” she noted.